quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Celebrações de Origem Pagã - A Festa da Espiga

http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/B13093b7d/12301219_PPPkF.jpeg
Mais uma vez dedico um artigo do blog à desmistificação de uma das festas, hoje em dia católicas, mas com origem profundamente pagã. A festa da espiga, celebrada em Maio.

Para mim esta é um dos rituais católicos em que o simbolismo pagão está mesmo à vista de todos, contudo, a sua origem não é do conhecimento geral.

Na tradição católica este dia é o Dia da Ascenção que supostamente celebra a ascenção de Jesus ao Céu. O que é estranho é ser celebrado com uma festa de colheitas. Sim, a festa da espiga, celebra a colheita dos primeiros frutos e alimentos da terra.
http://photos1.blogger.com/blogger/8124/2523/320/IMAG0152.jpg
A tradição manda que se colham espigas de trigo, malmequeres, papoilas, ramos de oliveira  e videira que serão juntos num ramo a ser colocado por trás da porta de casa. O objetivo será que não falte o pão, nem o alimento, até ao ano seguinte, altura em que o ramo será substituído por um novo.
http://2.bp.blogspot.com/-Jkc4sJJ5Djs/VVSbIvDiRCI/AAAAAAAAG74/nQzcL5NLk5A/s1600/Espiga-2_01%5B1%5D.jpg
O simbolismo é profundamente pagão veja-se:

Espiga de trigo - simboliza os grãos que fazem o pão
Oliveira - simboliza o azeite
Videira - simboliza o vinho
Alecrim - erva dos campos, extremamente perfumada, para atrair saúde
Malmequeres - simbolizam a prosperidade
Papoilas - simbolizam a vida e o amor pela sua cor vermelha

Ainda há dúvida da origem pagã desta festa?